domingo, 17 de maio de 2009

Retrô-Expectativa

Refletir sobre os últimos dias
É o que torna mais difícil voltar
Andei por ruas um pouco mais frias
Guardei na mala todo o pesar


Acordando embalada por novas melodias
Adormecendo a qualquer som familiar
Trocando, como quem troca figurinhas
Histórias contadas e anedotas a contar


Despertada para hábitos esquecidos
Com a bagagem um tanto quanto maior
Sinestesia de todos os meus sentidos
Quando lá o sol se dorme em mi menor


O som que ouço vem como um aviso
Para o pouso não falta muito mais
Agora o que resta é só isso
Cintos afivelados e poltronas verticais

2 comentários:

Marília Gabriela disse...

mana, amei seu potencial poemístico, mas esse port-coisa britânico ta taobinito! otinenem queria um desse hehehhehe
:D

Ma Journeé disse...

Muito legal, Carol, parabéns...